Please use this identifier to cite or link to this item: http://repository.ucc.edu.co/handle/ucc/3348
Title: Redução da exigência de fósforo disponível em dietas com adição de fitase para frangos de corte machos de oito aos 21 dias de idade
Author: Parra Martín, John Armando
Teixeira Albino, Luiz Fernando
Rostagno, Horacio Santiago
Hannas, Melissa Izabel
Keywords: cálcio; desempenho; enzima; fitato; fosfato bicálcico; mineralizão óssea
Description: Introdução: Na formulação de rações para frangos de corte (FC) é usado o fósforo inorgânico (Pi) na forma de fosfato bicálcico (Fb) de alta disponibilidade que diminui na presença de ácido fítico, complexo que provem dos ingredientes vegetais das rações. Tanto o fósforo fítico, juntamente com o excesso de Pi adicionado, é eliminado nas fezes e causa sérios problemas ao ambiente. Além dessa problemática, as reservas do mineral estão se esgotando encarecendo os custos de produção obrigando o uso de fontes alternativas do mineral. Objetivou-se neste estudo avaliar a redução da exigência de fósforo disponível (Pd) para frangos de corte (FC) machos submetidos a três níveis Pd com adição de fitase (500FTU kg-1 de ração) no período dos oito aos 21 dias de idade sobre desempenho e parâmetros ósseos. Material e método: Usaram-se 480 frangos da linhagem Cobb®, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado. Os níveis de Pd foram 0,391% (nível da exigência de FC machos de desempenho médio [1], o qual foi assumido como 100%); e mais dois níveis: -10% (obtendo-se 0,352% (assumido como 90%) e +10% isto é 0,430% (assumido como 110%). A relação do cálcio com o Pd foi de 2,13:1 (Ca:Pd). Tiveram-se oito-repetições e 20 aves por boxe sendo ministrada uma dieta iso-nutriente. Avaliou-se peso final, ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar, e nas tíbias os teores de cinzas, P e Ca. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância; quando houve diferença significativa (P<0,05) as médias dos tratamentos foram comparadas pelo teste de Student-Newman-Keuls. Resultados: O consumo de ração diminuiu (P=0,0265) no nível 110%. Em relação à mineralização óssea, o nível de 90% resultou em menor teor de cinzas (%), de cálcio (% e g) e de fósforo (% e g) (P<0,05). É possível diminuir a exigência de Pd em FC machos de desempenho médio quando avaliados parâmetros zootécnicos. Conclusão: É possível que dietas contendo 10% a menos da exigência de Pd para FC machos atendam às necessidades de mineralização óssea do animal. Neste estudo não foi verificada resistência óssea.
Publisher: Universidad Cooperativa de Colombia
Appears in Collections:Revista Spei Domus

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.